quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Praia da Mareta - Into the wild

Praia da Mareta - Into the wild

13 comentários:

Wahnon disse...

o solinho ja voltava ja..

Lovely Rita disse...

Não sei se admiro mais a foto ou a coragem do modelo e do fotógrafo de estarem em qualquer praia com o frio de rachar que está. Por outro lado, sabe bem ver um surfista "a sério" em vez de um beto com cabelo descolorado com água oxigenada a dizer que foi do sol xD

Isabel I disse...

Pedindo desculpa pela ignorância mostrada no comentário anterior ( fui ver e Labrador é uma marca com roupa muito boa e muito gira), recordo nesta foto a praia da Mareta, onde o meu filho João foi picado por um peixe aranha, há muitos anos.

Ana disse...

A espuma... parece nuvens!!!
Adorei a foto. Lembra sempre o calorzinho (apesar disso ser algo completamente indiferente ao surfistas)
Beijo

Natália Augusto disse...

Brrr... que frio! É necessária coragem para fazer surf... ainda mais se for nesta stação do ano, o Inverno.

Belíssima foto!

Feliz 2010

Anónimo disse...

Parabéns! Acabei de ver que foi considerado o blog do ano pelo Pedro Rolo Duarte (que pelo que percebi é expert na matéria). Parabéns também pelo ano e por o maravilhoso texto sobre a sua irmã.
Carmo A

elena disse...

Bonita foto.

Anónimo disse...

A luz, a espuma, o movimento. Nada ao acaso hem?

Sinapse disse...

Bela luz! e bela foto!

Hate_Life disse...

Em duas palavras... BRU-TAL!!!

Todo o enquadramento está perfeito... Mais uma vez!



beijinho mágico

ines de Sagres disse...

Há um ano não era assim tão "wild" essa praia. tenho observado com pena que está a desparecer devido à subida das águas =(
Anyway.... Gsto =)

Anónimo disse...

grande filme

João Cal disse...

Bolas, quem ache que o frio é indiferente aos surfistas deve ser louco! Surfar de calções no Indico é incomparavelmente melhor que surfar na nossa latitude com fato neopreme. As vezes nestes dias de inverno saio da agua tão gelado quem nem sinto os dedos para abrir o carro. Podemos ser loucos e ir surfar na mesma, mas acredita que se sofre com o frio.