domingo, 13 de setembro de 2009

Bafureira - O surfista

O surfista

Não é de roupa que vos venho falar. Aliás…as lojas de surf são provavelmente o último sítio do mundo onde entro para a comprar. Achei que um blogue como este, que se queda por Lisboa e cercanias, seria sempre um blogue autista se não gastasse um post com um surfista. É o conceito estético masculino mais forte que me ocorre por estas bandas. Desde a miúda que se baba com o colega que sai das aulas de prancha debaixo do braço, à mulher do Pedro, passando por milhares de outras alfacinhas, qual delas não encontrou um dia algum encanto num surfista? Ouvi um dia ali em São João um amigo dizer para o outro: “se jogo à bola é porque não lhe faço companhia, se jogo raquetes é porque faço barulho, tu deixas a tua mulher duas horas na areia e ainda és recebido com um beijo e uma sandwich na boca”.
A postura cool, o calão moderado, aquela conversa secante do “o mar está isto, o mar está aquilo”, o sorriso aberto e descontraído. Ok…tudo tretas e clichés. Mas tudo tretas e clichés de aparência sexy, não é verdade? Estou-me a lembrar de um dia ter visto em Carcavelos, o Pedro e o seu puto mais velho em cima duma Longboard. Pareceu-me impossível conceber imagem mais sexy aos olhos duma mulher. Por essas e por outras não me custou perceber o que viu nele uma ex. sua, que anos antes quando dava aulas no liceu onde estudei, mudou para sempre a minha relação com as mulheres. Essa história também não é má, mas fica para outro dia. Hoje deixo-vos o Pedro, com o seu olhar divertido, sorriso aberto e riso incontido que o seu puto mais novo já parece ter herdado. E deixem-me que vos diga (meio a sério meio a brincar) … Para mim, mulher lisboeta que negar tudo isto, é como aquela que não faz chichi no fato de surf. É mentirosa

34 comentários:

(n)Ana disse...

hehehehe
Fazem todos xixi no fato... não acredito que não façam! Mas claro que desmentem, desmentem sempre... :o)
A primeira coisa que pensei qdo vi a foto foi: Bolas, mas ele nem está vestido... do que é que o Alfaiate vem agora falar.
Cada vez mais os textos complementam as fotos. De qualquer forma, também gosto dos posts que têm apenas fotos e um título sempre pertinente.
Gostei de ler + 1 x.
Fiquei curiosa com a história da ex. dele. Mas pronto. Ficará com certeza para outros carnavais...!
:o)

Anónimo disse...

Second! JVC

Anónimo disse...

hehe Está muito giro.Acho que vou começar a fazer surf para ter uma sandes (e uma miuda) à minha espera na areia quando voltar! El gonga

paula'maria disse...

eu gosto :)

Celinha 007 =) disse...

Uma pinta diferente, corpo (bem bom!) à mostra, umas técnicas acrobáticas engraçadas! E aquele sair da água todo molhado com estilo... Hum!!! Eu não sou de lisboas mas também não sou mentirosa! :D Gosto e muito! Que o filho do Pedro herde o que de melhor o pai tem! :D *

Margarida disse...

Ora, não dá para estar à espera de sacar o fato para fazer chichi. Toda a gente sabe! :) E sim, surf é sexy, ou não fossemos nós uma cultura de litoral! Olha, e podia ser pior, não achas? Aqui em Madrid o que as deixa loucas são os toureiros, argh! Imagina um toureiro em vez do rapaz jeitoso da foto, com essa linda prancha... o blog ia perder todo o glamour! :D

Maria Pena disse...

Concordo contigo. Não deve haver realmente nada mais sexy para uma mulher que a imagem que descreveste do Pedro com o filho. Alfaiate, este blog está cada vez melhor, por favor, POR FAVOR, não deixes de escrever!!! As fotografias que tiras são realmente excepcionais, mas aquilo que escreves é perigosamente viciante...

vania disse...

alfaite e para quando uma foto tua?? xDD

JOM disse...

Caro Alfaiate,

Sou alfacinha de gema, e para mim os surfistas estão para a praia como os pequenos da tuna está para a universidade!!!!

NÃO SAGUENTAM!!!!

Depois disto começo a acreditar que haja para ai algum surfista a utilizar o WC!!! ahaha ;)

JOM

N disse...

É tudo verdade, caro Alfaiate.
Eu sou fã assumidíssima do surf(ista)e nem tento negar.

abox disse...

adorei o texto (e a foto).
quanto ao resto, como não sou lisboeta, não me pronuncio... ;)

Alexandra disse...

Serei a única a assumir (e a arriscar) que essa do fato de surf é um mito? Pelo menos para algumas mulheres que têm o encanto de sair da àgua com uma corrida encolhida e uma expressão apertada e algo cómica e pouco (ou nada) compreendida no mundo do surf. Como vários companheiros masculinos da modalidade o relatam, é um encanto e um sorriso garantido naquele momento precioso.

São várias, essas mulheres. Contam-se pelos dedos de uma mão (ou outra), as púdicas e envergonhadas (e as que alegam simplesmente não o conseguir fazer). :-)

Isabel I disse...

É mesmo uma coisa linda de se ver. A praia do Amado numa manhã de Agosto, 8 escolas de surf ou mais, a ginástica prévia, a bruma que vem do mar, os cães a passearem os donos, as tias e as crias a assentar arraiais e principalmente os surfistas, os principes e princesas das praias. Belo post, mais uma vez parabéns. Isabel I

Anónimo disse...

iiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!
Belo post!
AVAN

oh my! disse...

muy belo!



Let
Buenosaires

Sofia disse...

Está um belo dia de surf e apetece-me fazer xixi:

1ª opção: sair, ir procurar uma casa de banho, despir o fato e xiiiixii. Tempo mínimo (optimista): 30 min
2ª opção: fazer no fato. Tempo: menos de um minuto, com a vantagem de não ter de me sujeitar a uma casa-de-banho suja.

Fico-me pela 2ª, óbvio!

Minie disse...

Não podia concordar mais com o post e com a visão não só do surfista, mas também das mulheres/ namoradas dos surfistas... há de facto um je ne sais qua nos praticantes deste desporto (actualmente também muito praticado por mulheres). E nem todos os praticantes (falo do género masculino, claro) são burros e estúpidos e $%$#%&&&%... Há por aí muita excepção a este estereótipo e não deixam de transbordar sensualidade, principalmente os quarentões (talvez as primeiras gerações a praticarem o desporto nas nossas praias) já com prole e a ensinarem a mesma...

Manel disse...

Agrade-me muito ou pouco. O que está aqui (bem retratado) é verdade

Destination disse...

É bem verdade que é cenário bonito de se ver o surfista a sair da água com a sua prancha debaixo do braço... tal como o nadador-savador com a sua bóia a correr pela areia. Acho que a beleza nem sequer está verdadeiramente neles que os vemos ao longe e mal conseguimos definir a sua face ou sorriso. O encanto está na própria cena em si, no simbolismo que acarreta e em imaginarmos que ali poderia estar o mais belo dos homens a correr assim algum dia para nós!

Malisa disse...

É verdade!!!!!!!!!!!!!!!
Namorei com um candidato a surfista e esperava muitas vezes na areia por ele .......mas sem sandes....foi por isso que não deu certo. De certeza!

Lady in Red disse...

hmmmm...lisboeta ...da linha ...do norte ou do sul nao deve ser dificil achar esta foto bastante....hmmm ...digamos apelativa!!!!!! lol quer queiramos ou nao os surfistas tem e sempre terao aquele tom bronzeado q transpira saude... ;) adoro as fotos..e o blog...e mais uma vez...para quando uma foto do alfaiate!!!!???? hmmmm...

...Ju... disse...

LOL! sim... dificilmente nao e uma imagem sexy ver os "homens" da nossa vida divertidos numa coisa que os relaxe :)

mas tambem nao sou lisboeta :P

Peruca de Tule disse...

:D

Era com um assim como este q eu seria uma Mulher feliz até ao fim dos meus dias!...

(Ler com ar de suspiro...) Ai!...

Gosto mto do blog(ue).

BeijOoOooOOO

*PerucaMaluka* a surfar na blogosfera em perucadetule@gmail.com

Caleja disse...

Curti o post, mas aviso já que curto muito mais bodyboard.
Bodyboard com uma tábua do "Drop-Knee", mais uma licra cor de rosinha... não há espuma/rebentação que me trave!

Anónimo disse...

ADOREI ver o meu homem numa foto que revela realmente o que ele sente quando sai da água num final de tarde,e o teu texto meu querido é simplesmente perfeito. Quanto á ex depois falamossss, bjs

p.s. e é obvio que todos fazem xixi no fato até pq aquece.

Anónimo disse...

Eu, de facto, bem que tento carregar a minha raqueta como se de uma prancha de surf se tratasse, mas o efeito não é o mesmo. Talvez por isso, o melhor que tenha recebido ao chegar a casa tenha sido um pacote de coup a soup.

Aquele abraço,

M.

A Tela disse...

Não há mulher lisboeta que não se tenha encantado, a seu tempo, com a postura coll dos (verdadeiros) surfistas, total/ de acordo e sem mentirinhas, que não vale a pena ocultar o óbvio! ;-)

Wahnon disse...

Bafureira - praia perfeita

Wahnon disse...

Na realidade acho que qualquer mulher tem um fascinio, pelo menos uma vez na vida, por essa imagem de "o homem surfista".

"A postura cool, o calão moderado, aquela conversa secante do "o mar está isto, o mar está aquilo" (...)" é o que eu noto e ouço todas as manhas quando o meu pai (de 40 anos) vindo do turno da noite mais morto que vivo deita-se na cama na ansia d dormir uns poucos quartos d hora que lhe dao de descanso antes d s levantar novamente para ir buscar a prancha e o fato, e arrancar de carro à procura d boas ondas. Mas na verdade "o sorriso aberto e descontraido", que também eu herdei dele, hoje faz muito mais justiça a esta 'descriçao' do que há um ano atrás quando nao praticava este desporto tao "sexy" que é o surf.

Lizzy disse...

Cheguei a este blog através do artigo que li no "I" e devo dizer que fiquei alegremente surpreendida. Parabéns. Quanto a esta foto devo dizer que o que mais gostei foi o sorriso: meio ingénuo, meio malandro. Fantástico!

Precis Almana disse...

Homens com crianças sexy? Sim, de acordo.
Homens com crianças e pranchas de surf sexys?
Nem pensar nisso é bom! Dispenso, dou-os de mão beijada, blharc.
E sou mentirosa, então?
Seja.

Ah, e nunca fiz xixi num fato de surf. Até porque nunca vesti um.
E agora? ;-)

Suzana disse...

Óbvio que não existe nada mais sexy do que um surfista!(Um genuíno surfista, com tudo o que isso implica! Não aqueles que estão "na moda" de há uns anos a esta parte...)Ora imaginemos...um homem de pele bronzeada, cabelo desalinhadamente com estilo,um homem descontraído, com sentido de humor, genuínamente preocupado com causas ambientalistas e ainda por cima com um corpo daqueles... fantásticos... Não acredito que existam mulheres capazes de sentirem indiferentes a esta "espécie"!!!!! Não sei se foi por ter crescido "entre" eles, mas devo dizer que é um dos tipos de homem que mais me cativa!

Miana disse...

Adoro este conceito do surfista e sim, eles são o charme na prancha...

devaneante disse...

Um post muito bom!!!! ;)