quarta-feira, 4 de maio de 2011

Sebastiano

Sebastiano

Ainda no outro dia aqui disse... “Dá-me gozo. Desço a avenida, subo o Carmo, viro à esquerda, sigo à direita e facilmente me cruzo com duas, três ou mais pessoas que já fotografei. Se sabe bem? Sabe pois…faz-me sentir (por mais estranho que o termo me soe) que tenho uma qualquer espécie de  “obra feita” em Lisboa.”. E a verdade é que – desde que não estejamos a falar de encontrar, a ritmo diário, o ex-marido da nossa namorada ou aquele professor que nos chumbou com 9,4 – gosto de coincidências. Ainda em Fevereiro passado em Paris, estava a almoçar numa esplanada quando dei de caras com uma doce recordação parisiense que conheci faz anos em Barcelona, com quem já estive em tantos outros sítios e a quem tive dificuldade de explicar que lhe pretendia fazer uma surpresa quando ela me perguntou que raio fazia eu a tomar uma refeição a 200 metros do trabalho dela sem lhe ter dado cavaco. Ou quando, nos tempos em que estive na Misericórdia e achava piada a uma voluntária que para lá andava comigo e tropeçámos um no outro, meio embaraçados, numa praia duma ilha grega. Com isto já dou de barato todos os lisboetas com quem me cruzo em Madrid ou os próprios madrilenos que fotografo e, horas depois os reencontro, já com uns copos em cima, no Eccola, no Liberata ou no Gabana. Mas como em tudo na vida tenho uma noção de limite. Mas ontem à tarde, enquanto comia uma das muitas fatias de pizza disponíveis no Noho, passou à minha frente o Sebastiano. Talvez não se lembrem dele aqui mas, quer-me parecer, lembrar-se-ão dele aqui. E quem sabe...daqui, dali (e algures daqui) ou de muitos outros sítios a onde aquela fotografia o levou. Cruzar-me em Milão com alguém que conheci da última vez que lá estive é uma algo concebível. Encontrá-lo meses depois em Nova Iorque é que não

26 comentários:

Elsar disse...

o radar do Alfaiate não me deixa de surpreender :) e alegrar o dia

dg disse...

extraordinário. o mundo é mesmo pequeno (mínimo... uma aldeia...).
um abraço, dg

Bluebluesky disse...

O Sebastiano continua de boa saúde :)
Adoro as coincidências da vida, sobretudo no que diz respeito a (re)encontros...

Lisboa na ponta dos dedos disse...

o mundo é pequeno para o Alfaiate, essa é que é essa...

a bloguer disse...

mundo é tão pequenino ;)

http://paginaaolado.blogspot.com

Carolina Bernardo disse...

As coincidências existem... e o mundo é de facto pequeno!

Brenda. disse...

Eu me lembro! E desde então, nutro amores por Alfaiate e Sebastiano... Reencontros podem ser estimulantes, não?

Catarina disse...

E assim se fazem os prazeres da vida! Que doce reencontro!
quanto a foto, palavras para que? encanto natural!

Anónimo disse...

Não acredito em coincidências.

Anónimo disse...

olha a Margarida Rebelo Pinto comenta como anónimo agora! GC

EU disse...

Coincidências muito a Paul Auster! Like! Das coincidências e do Sebastiano!

Maria disse...

O sebastiano aqui esta com um ar tao mais simpatico! welcome back Sebastiano! is nice to have U here ;)

Nessuno disse...

É isso que é bom tanto para ti como para os seguidores =)

E ainda duvidas que em NYC tudo é possível?

Ana disse...

Grande brasa este Sebastiano! Podes trazê-lo aqui as vezes que quiseres!

Ritinha disse...

Sou uma amante de fotografia e por vezes quando vou andando pela rua tamb]em apetece/me fazer exatamente a mesma coisa .... fotografar aqueles momentos irresistiveis , mas n\ao tenho muita coragem para isso .

No entanto, h]a quem tenha e dou.lhe desde ja os meus PARABENS .
Para alem de ser uma optima ideia e tb um acto de coragem que eu nao tenho ahahah

Adorei o blog . Continue .

Cumprimentos, Rita Roque

Walk in beauty disse...

Que bom voltar a ver o Sebastiano novamente! Sempre com grande estilo.. mas o mundo é mesmo pequeno!!

Mariana disse...

Ainda dizem que não há coincidências...
Sebastiano sempre com grandes looks!
Gosto do boné, dá ares de turista com estilo. :)

Regina Machado disse...

Não se preocupem, que ele continua jeitoso ;) E cheio de carisma, me parece!

Franjiinhas disse...

...sempre foi muito giro, mas está cada vez mais :)

Gostei :D

FOC disse...

Giro nas horas.
Que pintarola

Alee - coletandodias.blogspot.com disse...

Mas o Sebastiano é charmosão. Pode aparecer de monte que eu não reclamo. kkkkkkk.
Agora se for mulher, uma vez só neste blog já está de bom tamanho.

Raquel Fernandes disse...

Espero que tenham ido beber um copo... Que dois que se juntariam ;)

unclerunway™ disse...

Como é bom reencontrar alguem que tanto nos abalou :) como é bom deja-vu´s serem realidade. encontrar "aquela" pessoa, naquele lugar onde nem nos passaria pela cabeça encontrar. é de facto o destino. Nos somos os senhores do nosso destino, e por mais que me custe dizer, todas as coincidências da vida, fazem parte de um livrinho secreto que alguem guia escrupulosamente ate seguirmos aquele caminho. Algo inconcebivel, torna-se realidade. adorei o facto de se cruzarem e o sebastiano está em grande forma :) adoro todos os looks dele, c´est charm !!

Anónimo disse...

Eu cá não me importava de esbarrar com o Sebastiano aqui e acolá!!
E há mesmo coincidências!

Anónimo disse...

Sempre que me cruzo com o Sebastiano n'0 Alfaiate Lisboeta ele nunca me deixa ficar mal.
Encontro-o sempre cheio de estilo (desta vez com um fantástico chapéu com a sua marca, um "S") e com alegria estampada no rosto.

Mais uma vez, excelente post do Sebastiano. Parabéns :)


Ana G.

Mí Pinheiro disse...

Uau! fiu fiu