sexta-feira, 8 de Abril de 2011

Jay - mesmo sítio, mesmo sorriso, ano e meio depois

Jay - mesmo sítio, ano e meio depois

Fora de merdas. Dá-me gozo. Desço a avenida, subo o Carmo, viro à esquerda, sigo à direita e facilmente me cruzo com duas, três ou mais pessoas que já fotografei. Se sabe bem? Sabe pois…faz-me sentir (por mais estranho que o termo me soe) que tenho uma qualquer espécie de  “obra feita” em Lisboa (boa ou má tanto faz, relembro que essa obra tem forma e corpo, que é afinal mais que uma simples página e que tem... mais importante que tudo... que tem vida). Recorda-me que consegui, em dois anos e, curiosamente, a trabalhar a 40km daqui, um apanhado de Lisboa, dos lisboetas, dos que por cá passam, visitam ou espreitam. Se levo alguém amigo ao lado comento baixinho “Estás a ver a aquele senhor ali? Aquela miúda acolá? É a 3ª pessoa com que nos cruzamos hoje que já fotografei”. Dá-me gozo. Penso para mim "$#€%-=@! (que parte de mim que guardo só para eu mesmo não sobrevive sem uma mão cheia de asneiras) esta brincadeira já foi bem mais longe que eu alguma vez teria pensado". E lá sigo contente com aquele sorriso de louco (de quem se ri sozinho por sua conta, risco e ridículo) causado, desta vez, não por uma qualquer demência que faria bem melhor em não a contar aqui mas, simplesmente, por sentir isso mesmo... que tenho a tal obra (boa ou má tanto faz, relembro que essa obra tem forma e corpo, que é afinal mais que uma simples página e que tem... mais importante que tudo... que tem vida). Mas vá… Lisboa deu nome a este blogue, é normal que de tanto a palmilhar me cruze com x ou y, que saque esta ou aquela foto e que vá coleccionando uns  transeuntes com sentido de estilo  e uma dose mínima de confiança num tipo com um ar aciganado que lhes sugere  (mais coisa menos coisa):
– Vai uma foto?

Mas sigo pensando…não faço mais do que aquilo que me propus

Mas toda esta pica tem um gosto especial quando percorro uma rua duma outra cidade, num outro pais, longe do estuário do Tejo, longe dos antigos apeadeiros da Brigada Fiscal, longe de Elvas e Vilar Formoso e vou na rua e dou por uns olhos fixos em mim, e um rosto, e um sorriso grande, daqueles rasgados (que nos confere um ar exótico , um traço oriental, tal é a pressão que exerce sobre os olhos), e oiço um “hola”, um “ciao”, um “salut” ou um “hi” de alguém que já fotografei antes. E foi mais ou menos isso que aconteceu com a Jay. Mas desta vez fui eu que me ri. Fui eu que disse, não “ciao” mas “olá”, porque me lembrava que falávamos (com doses diferente de pronomes e gerúndios) a mesma língua. Ri-me  e perguntei-lhe “não te lembras de mim?”. Também eu estava menos vestido que da última vez que nos havíamos cruzado. Também eu estava a olhar para ela com o tal sorriso (que nos confere um ar exótico , um traço oriental, tal é a pressão que exerce sobre os olhos). Também eu me lembrava daquele vestido esvoaçante. Também eu estava com vontade de repetir a foto. No mesmo sítio, ano e meio depois

22 comentários:

Pauluxa disse...

Quem sabe, um dia também eu sou supreendida... pelo Alfaite Lisboeta...

rosaamarela disse...

Espero um dia cruzarte consigo!!!

boas fotos
felicidades
obrigado

dg disse...

"que tem vida" - acho que resume bem o que é este blogue. parabéns.
excelente fotografia e excelente ideia, como se o tempo se pudesse congelar e reviver.
um abraço

Helena de Troia disse...

Adorei, e também a diferença dos tons de pele que sugere a foto Verão/Inverno :)

Je disse...

Imagino a sensação de reencontrar uma pessoa que marcou parte de teu blog .... se vieres cá ao Brasil não quero perder a chance de um click... LOL

Parabéns, lindas fotos!!

http://une-tasse-the.blogspot.com/

Raquel Fernandes disse...

A Jay é/ está fantástica x 2. E adorei a parte do ar aciganado.

O Guararemense disse...

Caro Alfaiate, admiro sua obra. Desta vez não passo sem comentar-lhe: há textos que superam a imagem. Raro.

André
Jundiaí, Brasil.

Pi disse...

Clap, clap, José.

lmmgarcia disse...

uma dica http://lmmgarcia.wordpress.com/2011/04/08/sexo-mentiras-e-fmi/

Lola disse...

Após uma ano a Jay está ainda mais gira!!!


http://hummlifeasitis.blogspot.com/

Anónimo disse...

congratulations on being featured for the second week in a row on 'The Cut'!
here's the link ;)

http://nymag.com/daily/fashion/2011/04/best_of_the_style_blogs_vol_29.html#photo=7x84845

Anónimo disse...

Gira :)

cantinhodacasa disse...

Incrível!
Linda mulher.

stela alves disse...

Garota cheia de charme!!
Street Style by Stela

Christophe disse...

Muito bom, muito bom...

rute disse...

É o que escreves...transmites muito sentimento...tal como as fotografias que tiras. É este conjunto que torna o teu blog tão especial.
Parabéns:))

meteo@lentejo disse...

querem saber o verdadeiro tempo que faz?
querem aprender meteorologia?
gostam de quem diz o que tem de ser dito?
querem saber tudo sobre esta calor?
então visitem http://metalentejo.blogspot.com/

Fred disse...

"boa ou má tanto faz, relembro que essa obra tem forma e corpo, que é afinal mais que uma simples página e que tem... mais importante que tudo... que tem vida"
Uma perfeita descrição!
Parabéns pelo trabalho, quando é feito com gosto...é este o resultado!
Faz já algum tempo que sigo as publicações (no jornal), e raramente falho uma. Mais que isso, recortei e guardei-as, para poder sempre ver e lembrar que existe alegria e boa disposição neste mundo de homens tristes!
Um dia destes posto um foto para partilhar!

Anónimo disse...

Caro Zé
Engraçado fui fotografado por ti há um ano. Cruzámo-nos há pouco no Camões e houve uma troca de olhares que quase deram azo a um cumprimento, mas não houve tempo!. Engraçado... fui reconhecido!É uma sensação de respeito que senti (não sei explicar) perante alguém que, um dia, num breve instante de um click te permitir deixar de ser apenas alguém que passa...
Continua o teu excelente trabalho.
Abraço
Jorge

aga disse...

Good picture and such a nice stylish girl!!!

JO disse...

Simplesmente fantástico...
Sou fã do blogue há já algum tempo, mas nunca escrevi qualquer comentário (passiva), passava para apenas ver as fotos, mas hoje dediquei-me a ler o texto associado à foto e adorei a autenticidade das palávras...isso consegue-se ver muito bem através das fotografias, mas também nos textos que escreve.E por isso hoje decidi escrever...Muitos Parabéns!!

PuZZeLL disse...

adorei*