quinta-feira, 29 de Março de 2012

quarta-feira, 28 de Março de 2012

Lorena - enquanto te espero

Lorena


[esta publicação pode também ser vista aqui]

segunda-feira, 26 de Março de 2012

sexta-feira, 23 de Março de 2012

Lisboa és tu também

Lisboa és tu também

A tua emoção, tristeza, ou intensidade. Porque são os espíritos que nos preenchem que fazem uma cidade. Tanto quanto a Sé, os Jerónimos, o Arco da Rua Augusta ou o Miradouro da Senhora do Monte. Sem lirismos nem merdas. É real, sente-se. Porque este é, tão simplesmente, o maior legado desta página. Porque não é ao acaso que, pela primeira vez em três anos, vos incomodo com o que assino para lá deste endereço. E porque sei que, por mais coisas que aconteçam à frente, nada será tão especial quanto esta


[esta publicação pode também ser vista aqui]

quarta-feira, 21 de Março de 2012

Alma de artista

Santos Cabral

“Sabe quem eu sou?” perguntou-me ele. “Diga-me quem é” sugeri-lhe em tom idêntico. Dizem que a forma como vestimos representa muito do que somos. “Ya ya” anuo eu com a cabeça como quem faz frete e não quer estragar festa nem teoria da treta promulgada através dum senso comum a querer dar ares de teoria científica. É óbvio, até para o senso comum, que visto como me visto porque me visto a mim que sou um tal tipo que se veste de tal forma porque, precisamente, sou esse tipo tal que decide e procede como bem entende. Mas que revelará isso sobre a minha personalidade? Ou que releva ela para aquilo que eu visto? Mas há uns casos em que a forma como me visto (puxando à 1ª pessoa o discurso de um 3º) me parece uma verdadeira consequência daquilo que sou, penso e existo. Aqui mesmo o Santos Cabral – afinal um distinto músico cabo-verdiano dos Guents dy Ricon – exemplifica isso como ninguém. E aqui acredito e valido, neste caso específico, que ele se veste porque é assim. Pouco incomodado talvez com o que representa ou deixa de representar para o mundo (mas, seguramente, nada indiferente ao papel que o mundo lhe sugere que represente). Mas sim, o Santos Cabral veste assim porque é assim. E, centrando-me naquilo que me despertou a atenção quando descia a Rua do Carmo... ele veste de uma forma forte. Muito forte


[esta publicação pode ser vista aqui também]

segunda-feira, 19 de Março de 2012

terça-feira, 13 de Março de 2012

sexta-feira, 9 de Março de 2012

quarta-feira, 7 de Março de 2012

Sweet rockabilly

Sweet rockabilly

E além deste ar encantador a Sara tem também obra feita: aqui mesmo, num registo mais pessoal. E aqui também, onde encontrei os quartos de tanta gente que, curiosamente, também já fotografei na rua


[esta publicação pode ser vista também aqui]

sexta-feira, 2 de Março de 2012