sexta-feira, 25 de Maio de 2012

O Tomás e a sua Vespa (Porto)

Tomás

[esta imagem pode ser vista por aqui também]

18 comentários:

Catarina Freitas disse...

Ai o Tomás..aii..

Ana Carneiro disse...

ah que tempos Tomás! Finalmente estou a ver a vespa (que tem o logo da Lobo Taste.. claro!)

Raquel Fernandes disse...

Viva o Puortooooooooooooo!

PauloSilva disse...

Muito bom!

rosaamarela disse...

É o genro que eu gostava de ter, vou partilhar com a minha filha.

Bfds

Gija disse...

Muita pinta que tem o Tomás!!!

Ana Bauer disse...

Que giro ele!

Eduardo Hürst disse...

Super..
Todo o cenário, roupa, e o próprio: combinadíssimo!
#
Eduardo.

Lilly Ferreira disse...

Gosto muito

Anónimo disse...

O Tomás é um beto giríssimo!

the.E.word disse...

Por vários motivos/pormenores, esta é uma das fotografias que mais gostei de ver aqui. (tenho outra que gostei muito) Não me apetece muito tentar explicar porquê, nem sei se vale a pena, mas no fundo, acho que é porque me parece uma fotografia tão... simples!
Por outras palavras, uma das minhas fotografias preferidas, José-Alfaite! :)

Ayres disse...

O Tomás é uma pessoa que respira estética e design. um Homem humilde e sensato, um Homem que transporta alegria cada vez que bate á porta do nosso atelier. Por trás deste Homem está um grande amigo, um forte carácter e uma sensibilidade muito apurada. Tomás means taste - Lobo Taste :)

Ganda shot Zé!

Abraço.

Ayres

Joana Marques disse...

Que lindo Tommy, já sabia que um dia ia ver a tua fotografia aqui.

E claro muito boa foto Alfaiate :)

LuisPisPis disse...

Gande foto Zé.

Anónimo disse...

No primeiro fim de semana mais livre da faculdade e, mais exactamente hoje, peguei finalmente no teu livro. Escusado será dizer que o li de uma ponta à outra e me deliciei com as tantas fotografias [que vou puder recordar sempre que me apetecer, à distância de esticar o braço para pegar no livro que estará na estante]. No fim, reli o texto que escreveste para mim, há umas semanas, na Fnac do Alegro.
Aquela rapariga, que te lê religiosamente e que afinal é de tão perto, mais uma constatação do mundo pequeno em que vivemos. De eu viver no sítio para onde tantas vezes vieste acampar.
Quero pensar que te recordas do que acabei agora mesmo de relatar e gosto ainda mais de pensar que um dia destes te vou reencontrar e que te vais lembrar de mim. Um dia destes.
Um beijinho, e obrigada por este livro fantástico. De e para pessoas.

[e do meu sorriso ao abrir agora o blog e reconhecer o Tomás e a sua Vespa que ainda há instantes vi no livro. Mais uma vez muito obrigada]

Catarina Andrade

matilde valentim disse...

"estes" Tomás n andam pelo país todo n...
adoro as fotofrafias! às vezes tambem me perco nos textos, n sei qual deles o melhor:)*

Anónimo disse...

Mesmo com o plano de fundo desfocado, consigo identificar onde esta foto foi tirada e só penso "ai, tão próximo de onde estou todos os dias!" LOL
Das minha fotografia favoritas, sem sombra de dúvida!

Mariana

Albert De Castro disse...

Grande Tomás!

A.