quinta-feira, 6 de Janeiro de 2011

O apuro do homem clássico (fato risca de giz e chapéu de coco)

O apuro do homem clássico (fato risca de giz e chapéu de coco)

38 comentários:

Anónimo disse...

E aqui está ele... "avenger" dos tempos modernos... o Patrick Macnee de hoje com o chapéu de coco fantástico :-)

Gosto!

AA

PS: e não é fato risca de giz que se diz?

O Alfaiate Lisboeta (The Lisbon Tailor) disse...

tem toda a razão AA, é o que dá ser a 1ª coisa que faço quando acordo

Anónimo disse...

Apuro, sim, sem dúvida. Mas há qualquer coisa no aspecto geral (do fato) que não lhe fica bem.

Sofia disse...

É engraçado...quando olho para o detalhe da mão no bolso lembro-me do Principe Carlos que tem exactamente o mesmo "tique" nervoso. Sim, porque esta mão parece-me algo desconfortável dentro do bolso...
Beijinho,
Sofia

Rute disse...

Irrepreensível, a indumentária ! :)

Anónimo disse...

Impecável! Bela harmonia entre roupa e postura do modelo fotografado! Parabéns!:) Abraço Andre B

Ivânia Santos (Diamond) disse...

Este chapéu é fantástico!!

bela fotografia (Again) *

amatutare disse...

Um fato muito apurado, sem dúvida! =)

Anónimo disse...

é um Hugo Boss ;)
Tenho um igual

Anónimo disse...

Vi este belo exemplar assim vestido no BBC (passagem de ano).
Parabéns, grande chapéu!
Muito British..

Anónimo disse...

Gosto do pormenor do TAG Heuer Monaco no pulso: um estilo absolutamente clássico e elegante aliado a um toque desportivo vintage no pulso! Perfeito!

Phil disse...

Não sou muito fã do clássico...mas este não está mau de todo...acho que a gravata dá luz ao modelito :-)

Anónimo disse...

Muito giro! Gostava de ter coragem para usar um chapéu destes. É uma pena que ja nao se cultive a boa apresentaçao na indumentaria como outrora, hoje em dia quase que parece ridiculo usar um chapeu destes em Lisboa.. Muito bem apresentado e apessoado este gentleam! Aposto que tem suspensorios e esticadores de meias :)

Margarida disse...

Acho que o traje não ficaria completo sem o maravilhoso chapéu de chuva. É um pouco assim que imagino Carlos da Maia ou o Ega. Um imenso requinte

cate disse...

estás sempre a repetir pessoas. varia mais as pessoas e os estilos também! gira tudo sempre um pouco à volta do mesmo.

kiss

cate

Budymary disse...

'Oh dear!'

Originalidade e humor sim senhor!GOSTO.

Anónimo disse...

Os portugueses não se respeitam a si próprios. "gira tudo sempre um pouco à volta do mesmo."? Pois eu nunca vi um chapéu de coco em nenhum blog de street style! Go ahead Tailor:p
SU

Anónimo disse...

Agora só falta uma Emma Peel!

Aguarda-se fervorosamente a foto ;)

'Quel

ana disse...

Sabes do que gostei mais? (e espero que isto não soe de qq forma racista pq não é essa a intenção de forma nenhuma.)
De ver um oriental, ao qual associo quase naturalmente um certo tipo de indumentária mais tradicional ou então do dia-a-dia (que é o que vejo mais) a vestir algo completamente ocidental e de uma época tão pré-globalização!
Adoro!
Beijinho e continua a fotografar! Gosto muito do que fazes, agrada-me que captes a genialidade de quem se atreve a ser genuíno e sair para a rua exactamente com o que gosta de vestir! :)

Anónimo disse...

A avaliar pelo cenário de fundo, parece que acaba de sair de uma reunião ao mais alto nível de uma embaixada, onde o encarregaram de uma missão arriscada. John Le Carré podia aproveitar a deixa...

Joan_86 disse...

Espectacular e oriental. um amigo meu disse-me para visitar este site no outro dia. sei que ninguem vai ver isto mas comecei bem e tenho vontade de ler este blog do principio ao fim. vamos ver onde esta aventura me vai levar... vemo-nos no ultimo post senhor alfaiate

Vision of a Dreamer disse...

Adoro o conjunto, e tenho que concordar que nunca vi um chapéu de coco em nenhum blog de street style, e se vi, não me recordo.

Beijinhos,
Joana Leal Peixoto

Vision od a Dreamer
www.visionofadreamer.blogspot.com

Anónimo disse...

A ideia é óptima, pena que o casaco seja curto (até pode estar bem em relação aos braços, mas certamente que não cobre devidamente o traseiro do cavalheiro)e que a gravata à Sócrates não complemente o efeito british pretendido.

G.

À Lupa disse...

Analisando em pormenor, fazendo "zoom", não me pareceu que estivesse curto, ao ponto "de". Em relação à gravata, o que parece nunca é e o Sócrates não teria este tipo de gosto de ir aos mais pequenos pormenores da gravata que só marcam a originalidade. Sócrates ou os seus assessores de imagem e porque queirando ou não, vestir, mexe com cultura, tradições, quase que diz-me como vestes, dir-te-ei quem és, e parece que partilham de gostos bem diferentes...e pequenos pormenores marcam e fazem essa diferença.

Alfaiate estás em grande!

http://www.flickr.com/photos/oalfaiatelisboeta/5329691750/sizes/o/in/photostream/

AL

Anónimo disse...

Mas que grande cenário, tudo muito impec e só faltaria uma banda sonora, digamos, um "Haydn Trumpet Concerto - 3rd movement" no meio desse nevoeiro todo. Seria de arraso.

Agora, já faltava o apuro de uma senhora clássica para compor aqui o repertório do Alfaiate Lisboeta, quem sabe uma Emma Peel que sabe sempre estar muito bem nos mais loucos locais.

Estamos juntos! como se diz lá na terra.

Aguardarei atentamente.
M.

Anónimo disse...

...ah, e de preferência uma loira quando visitares as terras de sua majestade

http://www.youtube.com/watch?v=ExFLej3tdss

M.

Anónimo disse...

esqueci-me da segunda parte, fabulosa
http://www.youtube.com/watch?v=jGl085iOrgE

Bom som e boa moda são inseparáveis!

M.

Anónimo disse...

Gente repetida, mesmo que com fatiotas engraçdas tira o giro do inesperado.

Pilar disse...

muito bem...mas este post é um bocadinho batota, não é?

Anónimo disse...

Na Lapa há um street fashion também muito interessante, do mais formal de quem por lá trabalha e do mais irreverente e bom gosto da juventude que por aí vive.
Este trabalho está giríssimo. Congrats

Fã do Alfaiate

Anónimo disse...

Nota-se uma harmonia perfeita entre o fotógrafo e o modelo, uma cumplicidade que pode marcar uma era na blogosfera mundial.

Aquele abraço,

M.

Anónimo disse...

Dupont&Dupont. Falta o gémeo.

António Prates disse...

Uma índole explícita num tempo implícito. A indumentária agradece a iteração do tempo e dos gostos.

Anónimo disse...

Sem sombra de duvida, uma personagem que se demarca da maioria e que se prende com a propria historia deste blog ;da-me sempre prazer revisita-lo nas suas mais variadas mutaçoes. Um verdadeiro Gentleman. Genghis Khan

Ana disse...

não foi o mesmo que fotografaste numa praia ha mt tempo atrás?

Vitoria disse...

Ao contrário do que se diz por aqui, devia(s) repetir esta “alma” todos os dias…hoje cruzei-me com ele de manhã e sabia que o conhecia de qualquer lado, quando cheguei a casa fui a pesquisar todos os teus posts até encontra-lo.

De uma simplicidade, de um gosto…vale todas as fotografias.

Vitoria

Vitoria disse...

Ao contrário do que se diz por aqui, devia(s) repetir esta “alma” todos os dias…hoje cruzei-me com ele de manhã e sabia que o conhecia de qualquer lado, quando cheguei a casa fui a pesquisar todos os teus posts até encontra-lo.

De uma simplicidade, de um gosto…vale todas as fotografias.

Vitoria

Anónimo disse...

ah, eu conheço-o. é português de macau.