quarta-feira, 27 de Outubro de 2010

A Teresa

Teresa
Teresa Lopes Alves

Estas fotografias não nasceram como as outras que aqui aparecem. Não me cruzei com a Teresa, ela escreveu-me. Não lhe pedi que tirasse uma foto, ela sugeriu-me que o fizesse. A Teresa escreveu-me um dia. Falou-me numa fotografia e num disco. Num disco, num tal Reflexo que seria o seu primeiro e numa foto, uma tal que lhe faltava, fora de estúdio ou cenário pensado, sem grandes orientações ou maquilhagem. E eu respondi-lhe “não sou fotógrafo, limito-me a tirar uma fotos” e ela devolveu-me “não me interessa o que és, deixas de ser e muito menos como te vês, gosto das tua fotos e gostava que me tirasses uma”. E eu, perante gente assim, não me perco em argumentos. Combinámos um sítio e uma hora. Não deve ter corrido mal, encontrei uns vestígios dessa tarde ao folhear o pequeno livro que acompanha o álbum. Acabei por ficar amigo da Teresa e foi o lançamento de uma amiga (da Teresa) e não duma artista (da Teresa Lopes Alves) que me levou ontem ao Vilaret. E há pouco tempo uma jornalista perguntava-me aquilo que de mais importante o blog me tinha trazido. E eu podia-lhe ter respondido “A Teresa”. E se um nome não lhe bastasse ter-lhe -ia atirado mais dois ou três que me sairiam facilmente do bolso para lhe explicar que por mais gente que venha a este blog e mais projectos que surjam através dele é por causa da Teresa e de tantos outros que este blog é tão importante para mim. Porque o que eu capto neste blog são momentos. Momentos que merecem ser guardados. E se todos eles têm lugar no blog, há uns que ficam comigo também. A Teresa é um deles. A Teresa, a sua voz e agora...o seu Reflexo também

35 comentários:

Anónimo disse...

A Teresa é muito gira. E a historieta capaz de fazer chorar as pedras da calçada. Nice.

cris disse...

...e a Teresa tinha razão :), as fotos estão excelentes!!!
Parabéns aos dois!!!

Marisa disse...

E canta bem!!! :)

Obrigada por nos mostrares a Teresa e a sua voz (e fica mais bonita assim, sem maquilhagem, digo eu).

DG disse...

é precisamente por causa desses "momentos" e de os partilhar que o blogue é tão 'vivido', em especial, pelos que mais se identificam com o que escreve.

mais um abraço,
DG

Ana margarida disse...

É linda a Teresa com a sua simplicidade no vestir e subtileza no sorrir! :)

Isabel I disse...

Muito mais do que de moda, este blog é de pessoas e de como elas nos tocam e nos dizem qualquer coisa. A Teresa, além de ser bonita e de ter um corte de cabelo impecável e uns sapatos que, pelo bocadinho à mostra, também devem ser giros, tem esse "brilhozinho nos olhos" de que falava o Sérgio Godinho.

Belze disse...

Ela é linda.

Juana disse...

eu identifico-me com o look dela ;)

Ivania santos By DIAMOND disse...

Lindaaaas as fotos!!


:D* adoro o sorriso..


xoxo,
Ivânia Diamond*

stranger disse...

gira, pá...

Rui disse...

apaixonei me pela teresa!! simplesmente linda!!

Fernando Magalhaes disse...

A Teresa é a maior!!
Uma Grande Mulher! Um sorriso lindo e uma voz impressionante!
Faz tempo que acompanho o site mas agora mais pessoal se tornou! Obrigado Teresa!

Nessuno disse...

Não acredito que foste fotografar a rapariga que ando a ouvir! Até queria entrevistá-la, não fosse completar um ano brevemente uma outra entrevista =)

Muito bom.

E a Teresa faz corar a sua beleza com a voz.

Anónimo disse...

ouvir a teresa e ler o teu texto, foi, sem duvida, um dos pontos altos do meu dia. obrigada.

Margot disse...

Sempre que passo pelo chiado penso - será que é hoje que encontro o alfaiate lisboeta e apareço no blogue?
A gentileza e respeito com que trata os alvos das fotos faz isto -desejar também ter a sorte de ser fotografada! Não tem só sorte o fotografo que encontra as personagens ideais para as fotos, mas com certeza tem sorte quem acaba por ser fotografado. Parabéns uma vez mais!

JC disse...

Lembro-me deste dia, fomos almoçar e depois os primos ficaram a levar seca... ;)

Anónimo disse...

não eras tu que não aceitavas pedidos?
deve ser só dos rapazes :)

Clara disse...

Conheci a Teresa há alguns anos, no Clube de Fado. Ainda hoje me lembro recorrentemente do refrão que ela cantou a capella sentada numa mesa a olhar para a nossa câmara. A Teresa é lindíssima e tem uma das vozes mais emocionantes que tive o prazer de ouvir. Que bom reencontro.

Anónimo disse...

Ainda bem que para completar a beleza da Teresa escreveste um dos teus textos :)

Cristina P.

Anónimo disse...

Bela foto, texto e música! Para quando um post com vídeo?:) Abraços Andre B

Anónimo disse...

Há uns meses quando folheava uma revista, encontrei a um canto muito discreto a indicação deste blog como adoro fotografia, pensei "porque não?". Apartir desse dia, cada "momento" que fotgrafas e partilhas com todos nós, adoro, simplesmente adoro. Parabéns, por tudo, o blog, as fotografias, os textos e obrigado por este blog que me deixa sempre feliz quando aqui "passo". Mariana

Diogo Torres disse...

Muito gira

http://fabulouslifeofdiogotorres.blogspot.com/

Caru disse...

O mundo é mesmo pequeno, leio o teu blog todos os dias, a Teresa é amiga do meu namorado.

Rita Burnay disse...

Como percebo a Teresa!
Quantas vezes andei eu por Lisboa e pensei "Quem me dera encontrar o Alfaiate e que ele me pedisse uma foto!"

E agora até fico triste por saber que tal como tu também estive no Vilarret, a ouvir a Teresa Lopes Alves, nos cruzámos e não tive direito a fotografia!!!

Ficará para a próxima...

Sairaf disse...

Para além de uma beleza sem igual, tem uma voz maravilhosa!!
Excelente foto, continuação de excelentes fotos.
Abraço
Sairaf

Axle Munshine disse...

Engates...

O Alfaiate Lisboeta disse...

genial Axle essa tua consideração. absolutamente genial

Axle Munshine disse...

Tem calma André... as coisas acontecem... e o princípio é meramente curioso.

As amizades também surgem assim, pela curiosidade.

Fotografa uma pessoa feia André pelo menos uma vez...

Fotografa também alguém mal vestido, mas daquelas pessoas que parecem uma verdadeira personagem, como se saídas de uma banda desenhada com o seu traje e face caricata, por exemplo um senhor barrigudo, careca e com as calças no umbigo, um senhor de fato preto, bigode e meias brancas, uma senhora com um avental... Dou por mim n vezes a reparar nas pessoas dessa forma e pensar nisso, homens orelhudos, narigudos, altos e ligeiramente corcundas, uma mulher com uma verruga no nariz...

Pessoas feias por dentro e bonitas por fora, pessoas feias por dentro e feias por fora, pessoas feias por fora e bonitas por dentro, pessoas bonitas por fora e bonitas por dentro...

Fotografa-as assim dessa forma como se fizessem parte de uma história e tivessem sido inventadas e não obra do acaso que nós somos.

Afinal, até os alfaiates têm uma história para contar, nem que seja a de uma curiosa amizade...

É pena todas as personagens das tuas histórias serem assim, aparentemente perfeitas, sem defeito, sem caricaturas, tão bonitas que até enjoam...

André disse...

enjoam? pela mancha gráfica do teu comentário diria que te encantam

Anónimo disse...

Finalmente arranjo tempo para visitar o blog do meu "engate"... Axle todos sabemos e concretizamos o quão pequenos e defeituosos somos mas o que se pretende é a LUZ e foi isso que me cativou no Alfaiate.

A todos, muito obrigada pelo interesse na minha música e ao alfaiate pelo seu dom.

Desta sempre amiga
Teresa

Axle Munshine disse...

Se a ti te gusta a mi me encanta...

A luz cega...

O encanto está nas histórias que se contam, e nas palavras que se dizem.

Essa luz ténue um dia desvanece e depois de onde vem o brilho, só se estiver dentro de ti e não nas roupas que vestes.

Apesar de o sentido estético ser uma capacidade que te diferencia e denota algo interessante, é algo supérfluo, e não é isso que te valoriza, destaca-te só ao olhar.

André desafio-te a seres fotógrafo como tu disseste que não eras em vez de seres um mero registo esteta.

Fotografa alguém feio... e fica a saber que existe sentido estético no feio.

Anónimo disse...

Smart girl... por cusa desta foto fui ouvi-la e gostei muito... belíssima publicidade!
Nucha

inchocolat disse...

BEM!! que fots giras cheias de cor e magia neste outono que se mostra tão cinza e aborrecido.

Adoro tudo aqui :)

MeuSom disse...

parabéns pelo teu trabalho que é fantástico
parabéns à Teresa Alves, tem voz fabulosa e músicas de verdade!!!
adorei passar aqui

Fatih Gokmen disse...

what a beautiful woman...Salut!