quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

5 anos


Todos os anos neste dia, ao acordar, puxo o portátil para o meu colo e venho aqui dizer-vos porque é que esta página é tão importante para mim. Não vos consigo explicar porque raio o adágio que decreta que não devemos deixar para amanhã aquilo que pode ser iniciado hoje mesmo não se aplica aqui e porque seria desprovido de sentido para mim ter começado a preparar este texto ontem, antes da data exacta, para assim me assegurar que hoje de manhã me limitaria a tentar eliminar todos os pequenos obstáculos ao seu melhor fluxo que escapam sempre numa primeira abordagem ao quer que se escreva. Não vos consigo explicar porque é que sabia perfeitamente que não precisaria de qualquer alarme para estar seguro que hoje, por volta das 7h, haveria de acordar, dar uma vista de olhos nas redes sociais e nas notícias do dia, responder a dois ou três e-mails, pagar as contas e, a dada altura, depois de terminar essa meia dúzia de tarefas corriqueiras, me dedicaria ao acto sagrado de vir aqui escrever este texto que, dou-me agora conta, também ele exprime uma acção e um propósito rotineiro, ainda que pautados por 365 dias de intervalo. Não vos consigo explicar porque é que hoje, voltarei a passar aqui meia dúzia de vezes e, em todas elas, voltarei a ler este texto e em todas elas procederei a pequenas alterações ínfimas das quais nenhum de vós se dará conta nem lhes reconheceria sentido. Como talvez não vos conseguirei explicar porque é que, à semelhança de mais uma ou duas outra datas na minha vida (mas mais ainda que todas elas juntas), à efeméride pessoal do 2º de Janeiro se me aplica tão bem aquele verso do Sérgio Godinho que ele próprio define como “frase batida”. Mas consigo perceber, melhor que nunca, o quão abençoado foi a decisão de criar um blogue. De criar este blogue. Hoje, dou-me conta da importância desta figura e daquilo que ela representa. Ela representa um espaço livre, gratuito e ilimitado onde, qualquer pessoa com acesso on-line, pode estar em contacto com o mundo. E parece-me que a maior parte daqueles que a ela recorre não se deu conta do valor que esta ferramenta tem, da transformação profunda que ela inscreve no mundo e no capital democrático que ela representa (há afinal, uma diferença enorme entre viver num país livre e, vivendo num pais livre, ter à disposição canais onde, efectivamente, se possa partilhar e veicular aquilo que mais nos inspira ou preocupa). A relação entre sujeito comum e mundo mudou radicalmente e hoje, nenhum de nós está destinado a ser um mero espectador ou consumidor de conteúdos. O sujeito está no centro de toda esta dialéctica e deixou de ser apenas o destinatário  dos conteúdos mas também o seu autor, editor e publicação. E o valor de mercado do seu conteúdo é encontrado no preciso ponto que melhor definir o valor que conseguir acrescentar aos outros. Pela minha parte, fica aqui a garantia que jamais condicionarei o que quer que seja nesta página para que esse ponto fique algures acima de onde se encontra agora. Mas importa lembrar que, não fosse esse vosso reconhecimento, e a localização – não importa exactamente onde – desse tal ponto que define o meu valor (ou a falta dele) e eu jamais poderia viver de ideias ou projectos que, directa ou indirectamente, nasceram com este blogue. É por isso justo dizer que, se a minha vida mudou radicalmente porque há 5 anos iniciei este blogue, ela mudou na precisa medida daquilo que cada um de vós tornou possível. Por isso, se venho aqui menos vezes, se vos parece às vezes que esqueci esta página, essa aparência deve-se apenas ao pequeno detalhe que jamais virei aqui por outro motivo que não a minha vontade. Mas sempre que o fizer, será com a tesão e o vigor de sempre. Com a certeza eterna de que não estarei nunca focado em vos agradar (mas eternamente grato pelo vosso agrado)

30 comentários:

homem sem blogue disse...

Passei por aqui para te desejar um grande ano.

homem sem blogue
homemsemblogue.blogspot.pt

Anónimo disse...

Muito bem! :)
Abraço, S.Shan

Pepa disse...

Acompanho o teu blog desde o seu primeiro momento, bem como acompanho os restantes projetos em que tens estado envolvido. Primeiro veio a curiosidade, depois o interesse e por fim chegou a admiração. Gosto de te ler, ponto, e gosto de ver pelos teus olhos os outros, os tais que nos fazem virar a cabeça. Ao fim de 5 anos senti ser hoje a altura de deixar aqui um comentário. Zé Cabral,o meu profundo e sincero bem haja por toda esta partilha e por todos os outros sucessos que ainda estão para chegar!
Pepa

Anónimo disse...

CLAP, CLAP, CLAP!! YOUR WISH IS YOUR COMAND, OF COURSE. (por outro lado, quem não aparece, esquece...)

barbaecabelo.net disse...

E como drive para se fazer qualquer coisa, será talvez dos melhores.

Parabéns pelo blog, que só conheci recentemente.

Bom 2014!

barbaecabelo.net

© disse...

parabéns pelo blogue, excelente, sem dúvida. parabéns pelo bom gosto, também. e votos de um bom 2014

Diário de Lisboa disse...

Parabéns Zé e continua sempre,ao ritmo que te apetecer. Grande abraço .
A.

demagnetemagazine disse...

Obrigada pela partilha do teu talento que inspira ;))
Que venha mais um ano cheio de projectos e realizações!!
Parabéns!!
Patrícia*

demagnetemagazine disse...

Obrigada pela partilha do teu talento que inspira ;))
Que venha mais um ano cheio de projectos e realizações!!
Parabéns!!
Patrícia*

Milty Flinn disse...

Bom 2014
Parabéns pelo blogue
I love it¡¡

Rui Quinta disse...

5 anos...incrível. Grande abraço Zé.

Anónimo disse...

Happy happy birthday alfaiate.....feliz cumpleaños

Anónimo disse...

Já tinha saudades! ;)
Bom anoooo!

Isabel I disse...

Há quanto tempo o acompanho? Agora menos, bem sei, mas venho sempre cá. Bom ano para si e parabéns.

Margot disse...

Gosto muito. Que esta ideia de criar um blogue tão original e unico quanto este prevaleça por muitos e muitos anos!! Abraço M.M.

Paula C. disse...

Parabéns! e que venham mais 5 e mais 5 e mais 5.....e se não for a bloggar, que seja em outros projectos tão bons quanto este...Bom Ano e bjinho do Porto:)

disse...

5 anos de um dos meus blogs preferidos. Este texto espelha na perfeição o porquê de voltar sempre aqui.

Obrigada.

Ana Couceiro disse...

Obrigada por 5 anos de pura inspiração :)

Ana Couceiro disse...

Gosto cada vez mais de te ler. És sincera.. E a sinceridade que digo, é de ti para ti e isso é raro de se encontrar.
Que 2014 seja um grande ano :)

pensando alto disse...

Olá! descobri seu blog por acaso, uma vez que irei pela primeira vez para Lisboa em março. Sou brasileira e também escrevo, mas ainda não tive tempo de criar meu blog. Mas ainda vou criar. Talvez não tão bonito e criativo como o seu. Parabéns! Lindas fotos. Belas crônicas. Abraços. Eliana

Vanda disse...

Entao Parabens ao blog, e a ti como seu autor e claro! Desejo-te pelo menos maos 50 anos de sucessos!!!!
E que 2014 te traga tudo o que desejares!!!!
Beijos desta portuguesa-grega
Vanda

Anónimo disse...

Eu gostava mais do blogue antes.

Silvia Montoya - Vanilla & Cashmere disse...

Parabéns pelo teu blog e por esses 5 anos! Faz alguns anos que eu te sigo e só posso dizer que teus textos e imagens são realmente inspiradores! Tenho um blog há pouco mais de um ano e começo a dar-me conta da amplitude que isso pode ter! Tomara que continues com muita vontade e tesão de continuar escrevendo.

Desculpa o meu português, que deve ser bem diferente do teu, posto que é de Porto Alegre. Melhor dizendo, portoalegrês! ;-)

Silvia Montoya
www.vanillaandcashmere.com

AnaP disse...

Conheci hoje. fiquei fã...das fotos e dos textos, do aspecto e do cérebro sobretudo...;)

Livros e outras manias disse...

Parabéns. Magnífico. A beleza num blog.

Patricia Oliveira disse...

Parabéns José!
Continue a contemplar-nos com o seu fantástico trabalho!
Um beijinho
Patricia Oliveira (Óbidos) :)

Anónimo disse...

Parabens,


Só hoje conheci, mas irei passar a frequentar espaço com tao bom gosto..faz.nos sempre brilhar o olhar..:)

Votos dos maiores sucessos..

AMaria

Closet Confidential disse...

Parabéns!
O Alfaiate Lisboeta foi o fundador de um conceito de blogues que não consigo deixar de ler.

tresgues disse...

Parabéns.
Disse tudo o que eu gostaria (gostaria!)de dizer sobre um bolg. E não preciso de acrescentar mais nada ;)

Cláudia Pereira disse...

Muitos Parabéns!
Ainda agora aterrei no teu blog (através do thefrenchfries) e já estou a adorar a tua escrita! A qualidade do "Alfaiate Lisboeta" leva-me a perceber que não vais ficar por aqui.

Atualidades By Cláudia
claudiapereira96.blogspot.com