quinta-feira, 31 de março de 2011

O lado mais descontraído da Terrugem

O lado mais descontraído da Terrugem

Às vezes perguntam-me “não estás farto de trabalhar na Terrugem?”. Encolho os ombros, solto o impropério da praxe e lá respondo que gosto da terra (do “boa noite” instintivo que troco com quem me cruzo na rua depois de o sol se esconder, da boné que salta da cabeça daqueles velhotes que acenam “como vai Sr. Zé?”) mas que, para quem tem 30 anos e a vida por sua conta, “não é o sítio mais excitante para passar os dias”. Quando comecei o Alfaiate achei que trabalhar nesta simpática localidade podia inviabilizar um blogue dedicado a Lisboa. Até à data tenho mostrado a mim mesmo que estava enganado; só não sei por quanto mais tempo…

Quando olhei para a Rute e para a sua presença tão light naquele baldio imenso lembrei-me daquelas produções da Lacoste (onde os  modelos aparecem suspensos no ar) e pensei “era lindo um salto”. Guardei para mim o pensamento mas ela deve-mo ter lido nos olhos pois perguntou-me entusiasmada:
- Quer que eu salte?
Não sei é o retrato mais fiel da terra onde trabalho mas é seguramente o mais descontraído e fresco que lhe conheço. A Rute agradeceu, pode ser que a Terrugem também

47 comentários:

Just Inspiracion.... disse...

Sem dúvida descontraído e fresco :)Boa inspiração! bjs

Phil disse...

Gostei ;)

Anónimo disse...

A Terrugem tem bons pregos e boas ameijoas... já para não falar que é ao pé de Alpolentim, que é uma terrinha com gente boa! :)

Lola disse...

Adorei a foto.
Fresca, leve, feliz!

http://hummlifeasitis.blogspot.com/

Raquel Fernandes disse...

Obrigada Rute e obrigada Zé. E que giros sapatos. Deve ser dos ares da Terrugem!

Mafy disse...

E eu que nem sequer sabia que existia uma freguesia chamada Terrugem.

Anónimo disse...

uauu genuino!
isto sim

Anónimo disse...

esuqeci-me de dizer...o cabelo ta brutal!
boa!

Ana Cristina Milheiro disse...

Tenho a certeza que a Terrugem agradeceu!!
E eu também!!

Adorei a foto, muito simples e realmente muito refrescante!!!

Cris

ELENA disse...

Todos os lugares têm coisas boas

vivernocampo disse...

Parabens por este teu projeto muito interessante ,muito mais ainda sabendo que vives por cá,agora se percebe de onde vem tanta inspiração ,estes ares são sem duvida.........

Mi disse...

Foto Gira!

Que saudades de visitar a Farmácia da Terrugem! E pensar que estava mesmo aí ao lado, engraçado... =)

Anónimo disse...

qual paris qual que!
nada pretencioso...adoro!!!
obgda

Lisboa na ponta dos dedos disse...

uma coisa é certa nós agradecemos todos...e agradecemos todos os dias :-)

dizem que em terra de cegos (esses que te prendem à Terrugem) quem tem olho é rei. tu é os príncipe e tal como nos contos de fadas só quando te virem de sapatos de cristal é que vão talvez perceber o erro da indiferença... mas será tarde demais porque já hoje te vejo ao longe com as tuas asas grandes.

quanto a nós, os seguidores do teu do teu reino ;-) já teremos há muito o teu livro nas nossas bibliotecas a arder de amor e da tanta dedicação que tens a esta cidade.

obrigada querido Zé

Rita disse...

Uma foto muito gira.

visite www.ritavarela.com

FavaRica disse...

Como te compreendo com esta coisa de estar 'presa' à Terrugem (nada contra os pregos e outros prós) mas também me digo a mim mesma que, profissionalmente, não posso/quero 'morrer' aqui... Não é de facto um sítio excitante.
Mas aposto que o teu 'escape' mais cosmopolita também compensa isso :-)
Nos tempos 'atlânticos' já te dedicavas à fotografia? Podias ter arranjado umas coisas interessantes paralelas aos espectáculos (era um bom sítio para ver gente de todos os tipos, não era?)
Beijinhos.
M.

rosaamarela disse...

Já vivi em GRANDES cidades, e qdo vim parar aqui pensei “meu Deus, o que é que eu vou fazer neste lugar ? “, descobri rapidamente deixa-nos livres para ter uma vida própria e ser criativos, parece-me que é o seu caso.

BfdS

dg disse...

excelente (mais um)!
um abraço

CD disse...

... por estas imagens é que eu não me importava de ir morar para o campo!

ASLEI you brand disse...

beleza e simplicidade.

http://asleiyoubrand.blogspot.com/

Isabel I disse...

Esta fotografia é que é mesmo cá das minhas - a menina, o salto, a camisa, os sapatos, os cabelos no ar, a erva toda à volta. E
a Terrugem e todas as Terrugens onde há gente tão bonita, onde é tão simpático viver e trabalhar mesmo sem Portugal Fashion.

Dulce disse...

Adoro!
O salto, a descontracção, o riso e as cores e combinações simples.
Já o disse aqui e repito: há por aí muito estilo espalhado para além das ruas do Chiado e da Baixa!

Stela ALVES disse...

Foto MARAVILHOSA!!!!
www.streetstylebystela.blogspot.com

Helena de Troia disse...

Engraçado... também me perguntam constantemente "não te cansas de trabalhar em Mem-Martins?". Mas eu canso-me, porque acho que é muito pior que a terrugem e não vejo ninguém agradavel à vista nem que me faça sorrir. Apesar de todos me acenarem "como vai Drª?" eu só quero fuuugir :)
Nice pic, by the way. (primeiro comentário que faço, apesar de espreitar este blog muitas vezes para tirar muitas ideias de outfits... sou uma imitadora, eu sei) :))

Ana disse...

eu acho que cada Terra tem a sua essencia,não so pelas gentes mas um pouco por tudo.

o ser-se da capital ou não,morar na capital ou não.não implica necessariamente que todos tenhamos que sair de onde nos sentimos felizes,so porque "na terra nao se tem visibilidade". eu acredito que quando somos bons em algo,que essa paixão nos transporta para lá de qualquer fronteira.

as oportunidades naturalmente vem ter connosco,e não o contrario.
é uma questão de Fé também.

stranger disse...

Imagem fantástica! O cabelo ruivo e a T(f)errugem parecem combinar na perfeição :)

Raquel disse...

adoro adoro adoro! uma das minha fotografias preferidas do Alfaiate até agora :)

JoanaGL disse...

A vossa ideia do "salto" saiu mt bem na foto, está mt bonita a foto.

E a Terrugem, pela foto, dá ares de calma mas bonita :)

Beijinhos Zé

cantinhodacasa disse...

Muito fresca.

Anónimo disse...

Vais lançar um livro??!

Anónimo disse...

Terrugem...sei que não é o teu local de eleição, mas obrigada por a divulgares e mostrares de uma forma muito refrescante.

Anónimo disse...

"Mesmo sem Portugal Fashion" é a frase a reter de todos os comentários.
Voltares às tuas origens (não a Terrugem, porque todos sabemos que não és produto da "terrinha", mas as que te fizeram) só te faz bem.
Voltares a olhar humildemente à volta, também.
Gosto da foto, mas odeio os sapatos... Sei que estão na moda, estão por todo o lado, mas não lhes consigo encontrar qualquer empregabilidade...

Cristiana Nunes disse...

Adoro o verde, o cenário por detrás !

Rita D2I disse...

Desconheço a Terrugem, mas tenho costelas de Ponte de Lima e para mim aquilo é ouro sobre azul. Os "Bom Dia" "Boa Tarde" "Boa Noite", mesmo não se conhecendo o que é quase impossível porque terra que terra conhece-se tudo. Aqui em Lisboa, se conheço um vizinho do meu prédio já é muito. Outra vantagem é que lá (nas terrinhas) sei que não há greves (algo que já não aguento nem mais um bocado)

http://dress-to-impress.blogs.sapo.pt/

Beijinho

Franjiinhas disse...

... fantástica. Com uma alegria que nos contagia :)

winkle disse...

quanto tempo passou desde que aqui passei!! mas continuo a adorar!!

Francisco disse...

TERRUGEM: un peu d´air sur terre

BiaMara disse...

Beijinhos das palnícies verdinhas do meu Alentejo.
Também há uma Terrugem no meu Alentejo...e gente linda...que sabe saborear o que as pessoas da Terrugem tem para nos dar..não temos lá é o Zé nem a sua objetiva para mostrar!!!
Obrigada mais uma vez...
Beijinhos

Buddymary disse...

Feliz e fresca!GOSTO.

Angélica disse...

Admiro imenso a sua capacidade de conseguir trabalhar na Terrugem.Eu detestei ! Foi optimo para mim ter deixado essa terra. Nunca me consegui identificar com as pessoas que lá vivem, Acho a mentalidade chocante.

Rute disse...

OLha uma Rute...como eu ;))
Linda Rute, linda foto :))

Anónimo disse...

Minha querida amiga Rute ficou o máximo nessa foto!!! ;)
Ass. Carol Perestrelo

Anónimo disse...

A segunda coisa de que eu mais gosto neste blogue (para além do blogue propriamente dito) são os comentários da Isabel I. E o de hoje não foi excepção. Obrigada, alfaiate e Isabel.

Isabel I disse...

Querida anónima, nem sei que lhe diga! Agradeço a sua simpatia mas quem sou eu...? Apenas alguém que gosta deste blog, aliás como tantos. O mérito é todo do Alfaiate, ele sim que tem a sensibilidade e o bom gosto e a arte de escrever e fotografar. Obrigada pelas suas palavras.

Teorias sem Garantia disse...

Liberdade, inocência... e espaço!

Isabel disse...

E para quando um livro ?? era uma ideia .. os coméntários (alguns só) fazem falta mas podia ser só fotos e textos !!! Era uma boa ! (se calhar já é ideia velha)

Raquel Sousa disse...

LINDO!