quarta-feira, 21 de julho de 2010

Serpa - Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

Serpa - Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe

23 comentários:

http://shakermaker.blogs.sapo.pt disse...

Ora viva!

Mesmo não havendo ninguém por perto, dúvido que houvesse alguém nas redondezas mais bem vestida e mais bonita do que esta mulher.

Desde as sandálias aos acessórios, passando pelo vestido azul petróleo (?!), está quase perfeito. Aliás, como comprova a foto, ela não deixa sombra para trás. Deixa antes charme.

Ok, voltei a apaixonar-me. O que vale é que amanhã já me passa.

Um abraço...
shakermaker

elena disse...

Mais do que a foto gostei do comentário de shakermaker. Ainda que cumpre dizer que a menina é linda.

Merenwen disse...

Muito bem vestida mesmo!

pinguim disse...

Que bom rever a Capela do Altinho, sítio emblemático de uma terra onde vivi quatro anos e me habituei a gostar muito: Serpa!

célia silva disse...

nao deve ser mt comum ver uma pessoa assim tao bem vestida num sitio assim =)

http://sapatosnoar.blogspot.com/

tata disse...

Terra maravilhosa, Linda mulher . :)

Anónimo disse...

é um casamento vê-se logo. quem é que anda assim vestido de dia em Portugal..? ninguem!

Sergio disse...

Grande foto para esquecer o tema do post anterior :)
Concordo que seja um casamento mas impecável de qq maneira.

Isabel I disse...

E porque não, ó querida Célia? Em Serpa as pessoas vestem-se mal? Não chegam lá os requintes da civilização? Ai, ai, ai essas ideias pré-concebidas! Gostei das sandalocas e do vestido. Mas principalmente gosto de Serpa e dessa linda capela do Altinho ou de S.Gens onde está a imagem da Srª da Guadalupe a quem se faz a procissão na Páscoa, que é acompanhada pelos cantares dos corais alentejanos.
Das ruas que Serpa tem
pra mim a que tem mais graça
É a das Portas de Beja
desde o arco até à praça.

shoe girl disse...

que vestido lindo. a menina está impecável :)

e não zé, o teu filho não vai à baliza.

*

Anónimo disse...

nossa senhora...:) abraco andre b

António Prates disse...

Ó Alentejo d` encantos
Que ostentas mundo afora
A lindeza dos teus prantos
No condão desta senhora…

Vê-se a santa protectora
Nos contornos acabados
De uma musa inspiradora
De cantares atribulados…

Gemem foices e arados
Nesse templo transtagano
Consagrando os predicados
Do empíreo alentejano…

Helena disse...

A menina está/é linda da cabeça aos pés. Bela fotografia!

célia silva disse...

nao me expressei corretamente "querida" isabel. o que eu queria dizer nao era dirigido ao sitio, a Serpa, mas sim, ao ambiente, religioso. é um look casualmente agressivo, arrojado. nao faço a minima ideia se as pessoas em serpa se vestem mal ou bem. e nem foi isso que pus em questao. e essa ideia de "civilizaçao" que costuma falar repetidamente em varios comentários, aqui, nao entra na minha concepção, nao divido os meus conceitos assim.

Isabel I disse...

Pois talvez tenha razão e eu me pique demais quando se fazem divisões entre a cidade e a provincia. Mas o que é facto é que é o costume, já lá dizia o Eça que o país está todo entre São Bento e São Carlos, ironicamente claro. Essa sobranceria cultural é muito injusta e irrita e faz reagir, talvez exageradamente, ainda pior quando o alvo é o Alentejo. É o meu calcanhar de Aquiles. Como sabe, o que se usa em Lisboa usa-se em Serpa e em Freixo de Espada à Cinta. E raparigas bonitas e bem vestidas há em todo o lado. Enfim, afinal concordamos no essencial, a moça é gira e está bem vestida, foi a um casamento a Serpa. Viva Serpa!

Anónimo disse...

Concordo com a Isabel, aliás o facto de alguem viver num local pequeno, onde se repara em tudo faz com se sinta uma maior necessidade de vestir bem :)

célia silva disse...

deixe-me dizer-lhe que concordo totalmente consigo nesse aspeto. mas precisamos de ver que a moda é uma forma de expressao cada vez mais globalizada. por isso mesmo, na minha concepção o comentario que fiz, nao teve qualquer forma de ofensa, nem de divisao ou exclusao social. já la vao os tempos, e ainda bem, que um país tao pequeno como é o nosso, se sentia essa tal separação. são os prós da globalização. =) alias, posso mesmo dizer.lhe que eu mesma ate por acaso, já que pronunciou eça, sou exactamente da cidade onde eça nasceu =)

Isabel I disse...

Póvoa do Varzim, a cidade do "Correntes de escrita".

célia silva disse...

póvoa DE varzim, e nao "do" =)!!

marianinha disse...

Uma foto lindissima e um look fantastico.

Inês disse...

Foto muito bem tirada. Grande mestria da luz. Quanto ao outfit, confesso que acho absolutamente banal (excepto as sandálias). Não será banal para Serpa mas será certamente para o resto do Mundo. Sorry, this is my opinion...

Isabel I disse...

Lá está! Lá na parvalheira andam vestidas de ceifeiras....

Inês disse...

Neste caso a ideia seria... Lisboa é que é um pouco ainda a parvalheira face a outras capitais do Mundo... adoro a minha cidade e o meu País, onde não moro neste momento, mas em termos de estilo... sorry mas ainda há que tirar umas lições... certo é que, de Serpa, a Lisboa, a Braga, todos se vestem de igual...
inês