terça-feira, 31 de Março de 2009

domingo, 29 de Março de 2009

Num casamento (retratos)




blogs que vivem praticamente de fotografias em eventos de moda. A minha realidade é outra, os únicos convites que recebo em casa são de casamentos. E este não era um casamento qualquer, era o casamento do gajo que um dia me ensinou a fazer o nó à gravata. Mas como fotografar os noivos era parolice a mais (até mesmo para mim) fiquei-me pelos dois convidados que reclamavam o título de “gajo com mais pinta da festa”.
Não é por acaso que 90% das fotografias deste blog são na vertical, mas há as vezes em que basta um simples retrato para se perceber a pinta de quem se fotografa. Um deles parecia levar vantagem, ia bem acompanhado…
nota - passo tempo demais com a máquina na mão para a levar a casamentos; os fotógrafos são os próprios fotografados.

quinta-feira, 26 de Março de 2009

New York City










Um amigo meu foi passar uns dias a Nova Iorque. Foi lá que nasceu o blog que serviu de referência ao Alfaiate e é também por lá, tudo indica, que mais facilmente se encontra gente engraçada e diversa para fotografar. Perguntou-me se queria que lhe trouxesse alguma coisa e respondi-lhe: “Tira umas fotografias”.

Djs em montras, posers crónicos, tipos para quem bastam 5º C para deixar as meias em casa e umas best friends com 40 centímetros de diferença. Um cheirinho de NYC…

domingo, 22 de Março de 2009

Um homem e o seu boné




Abordar um senhor com idade para ser meu avô merece um afinco suplementar. Ponho o meu sorriso mais angelical e forço o mesmo tom de voz que usava em tempos, à porta do Indústria e da Kapital, quando perguntava a um grupo de miúdas giras se não se importava de acompanhar 3 ou 4 mancebos com mil escudos no bolso e pouca esperança de entrar. Mas este pequeno esforço é sempre compensado. Um homem desta idade tem um encanto que nenhum outro pode ter. O homem português veste-se, em 75% das ocasiões de fato, camisa e gravata lisas (tal é a minha convicção que me senti tentado a dizer que havia um estudo da Católica por trás deste rácio). À excepção do concept man que veste todo de preto sobre uma camisa branca não compreendo tanta tristeza e enfado. Já quem nasceu antes da guerra civil espanhola parece ter auto-confiança e descontracção suficientes para usar casacos xadrez, lenços na lapela, abusar das riscas e usar boina.
Uma vez que 5 em cada 7 dias sou obrigado a usar casaco e gravata habituei-me a olhar com um certo respeito para estes senhores. Metade dos meus casacos tem padrão para jogo de tabuleiro, boa parte das minhas camisas e gravatas é de riscas, tenho por aqui uns lenços na lapela (para os quais ainda não encontrei ocasião certa) mas o boné… o boné não consigo. Mas gostava

sexta-feira, 20 de Março de 2009

Skatewear puro em Santa Luzia











Bonés, gorros e fitas a prender o cabelo… mangas rasgadas, lenços no pulso a passar junto às têmporas, tatuagens de amor à modalidade e os ténis do costume. Percebi naqueles 15 minutos que ali estive que o skatewear é (o wear) mais street que o próprio streetwear...

quarta-feira, 18 de Março de 2009

O meu precedente



O que faço é simples. Abordo as pessoas e digo-lhes que tenho um blog onde publico fotografias de gente que me parece interessante. Alguns casos houve em que tirei as fotografias primeiro e só depois me dirigi às pessoas. Este seria um deles. Ela passou à minha frente, fotografei-a e tirei os auscultadores para lhe falar. E tê-lo-ia feito não tivesse aparecido um amigo a quem na adolescência chamávamos Conan. Eu nunca gostei de o contrariar e quando o Conan me quer dar um abraço não me atrevo a dizer que não. Sei que não é grande desculpa e o meu bom senso lembra-me que não devo publicar imagens de pessoas que não sonham sequer que foram fotografadas mas...
Resumindo, esta é a minha forma atabalhoada de pedir desculpas a esta senhora e, simultaneamente, lhe agradecer por estar aqui presente. Gostei do casaco/poncho/écharpe (pareceu-me uma mescla dos três), dos auscultadores e de todo o conjunto. Resta a esperança que um dia lhe seja dado a conhecer este blog e ela o aprecie também

segunda-feira, 16 de Março de 2009

Tudo aquilo que não usei



São aqueles que mais divergem de mim que mais gosto de fotografar. Aqueles que quando lhes falo do blog franzem o sobrolho como quem diz “mas gosta mesmo da forma como me visto?”. E aí reforço que “sim”, que “seria um prazer poder-lhes tirar uma fotografia e publicá-la no meu blog”. E não é ironia.

Se quisesse tudo do mesmo e um pouco mais de mais do mesmo limitava-me a publicar catálogos da Timberland (não me interpretem mal, eu até tenho umas botas) ou da Tommy Hilfiger (não me interpretem mal, os modelos têm quase tanta pinta quanto aqueles que aparecem na montra da Ermenegildo Zegna; se no primeiro caso reciclo o catálogo antes que a minha namorada lhe consiga tocar, no segundo invento sempre qualquer coisa que fazer no outro lado da avenida para impedir que ela saiba sequer que aqueles gajos existem). Resumindo, nunca usei rasta, aos catorze anos o meu pai “convenceu-me” a não furar as orelhas, e, estranhamente, não uso óculos de sol. Restam-me os pelos do peito e o gosto de admirar aquilo que é diferente de mim. Experimentem lá

sábado, 14 de Março de 2009

quinta-feira, 12 de Março de 2009

A rapariga do chapéu




Há já dois anos que reparo nela. Sempre soube onde a encontrar e a que horas lá deveria passar. Faltava-me apenas uma boa desculpa… Agora já não.

terça-feira, 10 de Março de 2009

Momento de elegância




Nunca me vesti de preto e o cabelo liso sempre me pareceu uma das maiores bênçãos da natureza. Precisamente por isso me dá especial gozo publicar estas fotografias… Pouco me interessa se em Março de 2009 o preto está in ou out, há imagens que merecem ser olhadas com calma, eu cá limito-me a guardá-las.

Verdade que não é preciso ser scouter de nenhuma agência para se topar que este miúdo é modelo. Mas não é de boa aparência física que este blog é feito. É da outra…daquela que decorre da sensibilidade de cada um…(mas como pinta em excesso não me causa particular incómodo). E agora…em resposta a quem me sugeriu que Lisboa não justificava um Alfaiate a tempo inteiro pergunto:
- Acham mesmo?

domingo, 8 de Março de 2009

Ilha do Baleal (num casamento)

E porque achei que cada um deles merecia o seu destaque individual retirei duas imagens de uma fotografia apenas


Ray-ban vintage, gravata estreita fantasia e Polaroid (ainda se lembram delas?)



Óculos à Audrey Hepburn, cinto encarnado e lenço cor-de-rosa

sexta-feira, 6 de Março de 2009

Rosa Erasmus



Com a quantidade de estudantes que cada vez mais escolhe (e bem) Lisboa para passar uns meses da sua vida, haveria de me cruzar com algum mais cedo ou mais tarde...

quarta-feira, 4 de Março de 2009

Uns anos à frente



Pelo Rossio, moreno, com pouca paciência para fazer a barba e uma máquina fotográfica na mão é provável que pensem que estou com mais vontade de a impingir que em fotografar quem quer que seja. Resumindo…aqui o Martin só serenou quando ouviu, entre sorrisos, dizer que não lhe queria vender nada. Resolvido o equívoco, deixou-se fotografar com a naturalidade de quem parece estar…uns anos à frente

segunda-feira, 2 de Março de 2009